Análise do pôster de ‘PARIS, JE T’AIME’


O filme Paris, Je T’aime, lançado em 2006, é um conjunto curtas de diretores de diversas nacionalidades que retratam a cidade sob visões variadas.  Além de Paris como tema central, todas as histórias tratam do amor de alguma maneira.

Fonte: http://www.moviegoods.com//Assets/product_images/1020/449244.1020.A.jpg

MODOS DE VISÃO

a) Tamanho da imagem: O pôster tem a dimensão de 62 x 90 cm (padrão de pôsteres cinematográficos).
b) Composição: O objeto de destaque do cartaz é um coração vermelho montado a partir da sobreposição de imagens da Torre Eiffel – símbolo de Paris. Logo abaixo, também centralizado, segue o nome do filme, composto de uma tipografia arredondada. O elenco está disposto ao redor dos elementos centrais funcionando como uma moldura. As informações menos relevantes ao espectador estão abaixo do título em menor destaque.
c) Enquadramento/desenquadramento: Pode-se dizer que, na imagem, é explorado o enquadramento, já que o foco principal do pôster – o coração – ocupa uma área relativamente central da composição. Aparentes faixas de luz surgem por trás do coração dando-lhe uma impressão de objeto tridimensional e aplicando à montagem uma perspectiva. Assim o espaço representado é considerado fechado.
d) Zonas de iluminação: A luz parece surgir de um ponto posicionado atrás do coração, destacando-o.
e) Textura: Lisa
f) Cores: As cores trabalhadas no cartaz são predominantemente quentes (explorando vários tons de vermelho). O fundo, mais claro, permite que o espectador atente-se ao nome do filme e à composição central (representados com um vermelho mais vivo). O elenco é grande e composto de artistas de destaque estando por isso em vermelho. Já a equipe técnica e os colaboradores estão em uma cor mais fria equilibrando a composição e recebendo menos atenção.

CONCLUSÃO DA ANÁLISE

Paris é uma cidade altamente associada ao amor e nesse filme os dois se misturam. O subtítulo – “Stories of love from the heart of the city” – justifica a escolha pela composição: uma combinação de elementos que remetem a ambos os temas. A torre Eiffel – símbolo da cidade – aparece na cor vermelha, multiplicada algumas vezes. Essas multiplicações foram montada em forma de coração. As fontes arredondadas transparecem sensualidade. A impressão de tridimensionalidade do elemento central, proporcionada pela maneira como foi feita a montagem e pela luz que vem da parte de trás do coração, deixa transparecer a proposta do filme: retratar Paris sobre várias visões.

Mais a respeito…
Quem quiser saber mais a respeito de análise da imagem recomendo os livros Introdução à Análise da Imagem e A Imagem

Até a próxima postagem!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s